Sancas de gesso: o que são e para o que servem? - R. Bassani
  +55 (41) 3377-1500

Sancas de gesso: o que são e para o que servem?


sancas de gesso

Quando pensamos na reforma e decoração, um ponto chave é o teto, pois ele ajuda a determinar o tamanho e a iluminação do ambiente. Para tornar a decoração de diferentes ambientes, tanto residenciais quanto corporativos, mais elegante e sofisticada, as sancas de gesso são uma ótima opção para o teto.

As sancas de gesso também ajudam a compor o estilo da decoração, valorizando a iluminação do teto e tornando os ambientes mais agradáveis. Atualmente, existem opções em diversos formatos e modelos, podendo ser desenhado de acordo com o projeto do espaço. Continue lendo o post e entenda mais sobre as sancas de gesso.

Sancas de gesso: definição e usos

Quando falamos sobre sancas de gesso, estamos nos referindo às aberturas parecidas com molduras, usadas para a iluminação do teto. Geralmente, elas são instaladas no encontro do forro do teto com a parede. As sancas de gesso são, cada vez mais, utilizadas em diferentes projetos de decoração de casas e espaços comerciais para incrementar os ambientes com um acabamento versátil e moderno. Combinadas a uma charmosa iluminação indireta, as sancas de gesso dão um toque todo especial a qualquer lugar, tornando o ambiente mais agradável e aconchegante.

Diferenças entre sancas de gesso e forros

Sancas e forros não são sinônimos para o revestimento de tetos. Enquanto as sancas de gesso deixam o teto à vista, fazendo com que as luzes reflitam no teto e nas paredes, o forro é basicamente um rebaixamento do próprio teto. O forro de gesso é colocado a poucos centímetros de distância da parede, criando um pequeno espaço entre o teto e a parede dando a impressão de que é flutuante.

Vantagens das sancas de gesso

A decoração dos ambientes precisa levar em conta um detalhe muito importante: a iluminação. Dependendo do tipo de iluminação utilizada, os ambientes adquirem aparências totalmente diferentes. Por isso, que as sancas de gesso são tão utilizadas em quartos, salas, escritórios e em diversos outros espaços. Além de serem práticas e bastante funcionais para a decoração do teto dos ambientes, elas são opções bem econômicas. Vale lembrar que a escolha das sancas de gesso depende da finalidade e do tipo de iluminação desejada em cada espaço.

Os tipos de sancas de gesso

Sancas de gesso abertas

É ideal para os ambientes como salas sociais, halls, restaurantes, entre outros, pois elas são capazes de criar uma incrível iluminação indireta. As lâmpadas são embutidas nas sancas, fazendo com que a luz seja refletida no teto e pareça estar saindo dele. As sancas de gesso abertas permitem que luzes diretas também sejam usadas para compor o sistema de iluminação.

Sancas de gesso invertidas

O modelo invertido também é aberto, mas a diferença é que o vão criado fica voltado para os cantos das paredes, ao invés do teto, e o meio fica todo fechado. Com a iluminação posicionada nas laterais, é possível criar um efeito bacana com as luzes refletindo, ao mesmo tempo, no teto e nas paredes do ambiente.

Sancas de gesso fechadas

Como o próprio nome diz, esse tipo de sanca é fechado, sem nenhuma abertura. As sancas fechadas são usadas para compor a decoração dos ambientes com uma iluminação direta, usando spots. Estes nada mais são do que aquelas luminárias pequenas que permitem que a luz seja direcionada para diferentes pontos. É uma boa alternativa para os ambientes que precisam de um sistema de iluminação direta bem distribuído. Com os spots, é possível criar diferentes efeitos luminosos, a partir do direcionamento da luz para os locais e objetos que devem ser destacados nos ambientes.

O que achou do post? Está pensando em utilizas as sancas de gesso para deixar sua casa mais bonita? Não deixe de nos contar!


Categorias: Arquitetura, Decoração, Drywall, Sancas