O que são placas cimentícias? - R. Bassani
  +55 (41) 3377-1500

O que são placas cimentícias?


Placa Cimenticia - R. Bassani Drywall

A placa cimentícia surgiu, no mercado nacional, durante a década de 70, mas sua comercialização ganhou impulso, a partir dos anos 90, com o crescimento do sistema de construção à seco no país. A placa é uma chapa lisa produzida em fibrocimento, a partir da técnica Cimento Reforçado com Fio Sintético (CRFS). Atualmente, consolida-se como tendência no setor da construção civil e conquista mais adeptos.

O uso da placa cimentícia encontra-se associado ao sistema steel framing. Ele consiste em uma estrutura criada com perfis de aço galvanizado, que formam grandes painéis, em uma espécie de “esqueleto” da edificação. Placas cimentícias fazem o fechamento da estrutura, compondo as paredes da construção. Mas, você sabe o que são as placas cimentícias? No post de hoje, vamos explicar a sua definição. Confira:

Versatilidade

Produzida com cimento Portland, agregados naturais e fibras sintéticas, a placa cimentícia pode ser utilizada tanto em áreas secas quanto em molhadas, em estruturas externas (fachadas) e em ambientes internos (cozinhas e banheiros). Sua fixação se dá com o auxílio de parafusos. Para garantir isolamento acústico, costuma-se fazer uma espécie de sanduíche, no qual duas placas são instaladas com material isolante – lã de vidro, lã de rocha ou EPS – entre elas.

Entre as suas vantagens, destacam-se a resistência aos impactos e à umidade, não é inflamável e tem alta durabilidade. Sua versatilidade é comprovada ainda pela compatibilidade com variados tipos de acabamentos e revestimentos, tais como texturas, verniz, pastilhas, cerâmica e pintura acrílica. Como parede ou fechamento, ela substitui o chapisco, o emboço e o reboco.

Aplicações

A placa cimentícia pode sem empregada em qualquer tipo de construção, desde residências até galpões industriais, passando por fachadas de prédios, unidades hospitalares, escolas, mezaninos e platibandas. Ela tem largura padrão de 1,20 metros, com comprimento que varia de 2 a 3 metros. A espessura muda de acordo com a sua aplicação. A placa de 4 a 6 milímetros é utilizada em forros; a de 8 milímetros, em paredes internas; e a de 10 a 12 milímetros e pode ser usada como parede externa ou em fachadas.

A Norma NBR 15775-4, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), determina os parâmetros da placa cimentícia empregada em paredes internas e externas. Ela define, entre outras coisas, os níveis de resistência a impactos.

Custo

O uso da placa cimentícia pode reduzir em até 40% o custo final de uma construção. Essa diminuição deriva da diminuição das despesas com mão de obra e desperdício de material, além da redução no prazo de entrega da obra. Outro ganho aparece na questão da sustentabilidade, já que o sistema gera menor volume de entulho.

Em um setor marcado pelas reduzidas margens de lucro e pela acirrada concorrência, a utilização da placa cimentícia representa ganhos em termos financeiros e de produtividade. As construtoras vêm percebendo as vantagens da técnica e ampliaram, nos últimos anos, a sua adoção. Especialistas preveem que as placas cimentícias se tornarão hegemônicas na construção civil dentro de pouco tempo.

Quer saber mais sobre as vantagens do uso da placa cimentícia? Tem alguma dúvida sobre o tema? Entre em contato conosco. Queremos ouvir a sua opinião.


Categorias: Drywall, Placas Cimentícias, Steel Frame

Tags: