Piso vinílico ou laminado, qual a diferença? - R. Bassani
  +55 (41) 3377-1500

Piso vinílico ou laminado, qual a diferença?


Piso Vinílico ou Laminado

Na hora de escolher o piso ideal para sua casa, apartamento ou mesmo escritório, é importante avaliar não apenas os aspectos estéticos, mas as propriedades e características de cada revestimento. No artigo de hoje, vamos explicar as diferenças entre o piso vinílico e o laminado, dois revestimentos super resistentes e bonitos, mas que contam com características únicas. Para quem está construindo ou reformando, é essencial conhecer um pouco sobre cada piso, antes de tomar sua decisão. “Piso vinílico ou laminado?”, essa pergunta vai deixar de te atormentar. Vamos lá?

Pisos laminados: resistência e versatilidade

Como os laminados contam com alta resistência à riscos e abrasão, eles são fáceis de limpar e contam com uma excelente durabilidade. Além de contar com uma ampla variedade de tipos e cores, os laminados fazem sucesso com as imitações de madeira reproduzindo diversas tonalidades e texturas aparentes.

Outra vantagem dos laminados é a praticidade e rapidez de sua aplicação. Sem a necessidade de quebra-quebra, ele pode até ser aplicado sobre o piso existente, desde que esteja nivelado e sem buracos.

Esse tipo de piso é feito de painéis de fibra de alta densidade e conta com larguras e comprimentos variados. Por isto, ele é de fácil aplicação, mesmo em ambientes assimétricos. A durabilidade dos laminados é garantida pelo revestimento em resina melamínica, conhecida como Overlay e, como o processo de fabricação envolve calor e alta pressão, a superfície do piso é mais durável do que a madeira convencional.

Outra característica dos laminados que conquista arquitetos, decoradores e proprietários é o fato de se tratar de um material ecologicamente correto. As placas são feitas de HDF (High Density Fiberboard), uma espécie de compensado cujos fabricantes já utilizam madeira reflorestada e certificada.

Uma das poucas desvantagens deste piso, no entanto, é que o contato com a água pode deformar as peças. Por isto, além da limpeza ser feita com um pano pouco úmido, ele não é um bom revestimento para áreas que possam sofrer a influência da água, como varandas, por exemplo.

Piso Laminado Eucafloor Ambience

Piso Laminado Eucafloor Ambience

Pisos vinílicos: temperaturas e desempenho acústico ideais

Muito além de arquitetos, decoradores e construtora, os pisos vinílicos se tornaram os favoritos de quem gosta de bricolagem. Por contar com um ótimo desempenho acústico e ótimas características térmicas, este tipo de piso vem sendo muito usado em apartamentos.

Para quem tem crianças ou bichos de estimação, este é o revestimento ideal na medida em que absorve o som e não permite que sons de passos, por exemplo, se propaguem.

Os vinílicos também permitem a personalização, permitindo uma decoração diferenciada.

Muito resistentes, esse tipo de piso também conta com uma excelente durabilidade. Outra vantagem é que ele é um revestimento antialérgico e que não retém a poeira. Por fim, além de macio, ele é mais seguro, pois conta com uma proteção anti-chamas.

Os vinílicos também são de fácil instalação e podem ser aplicados diretamente no contra piso, cimentado, cerâmica e demais materiais.

Em comparação aos laminados, estes pisos são mais resistentes à água, além de serem mais flexíveis. Porém, da mesma forma, não são revestimentos recomendados para partes externas.

A única desvantagem desse tipo de piso é o corte acidental. Caso a manta seja atingida por qualquer objeto pontiagudo, sua qualidade pode ser comprometida.

Piso Vinílico Beulieu Sêneca Clic

Piso Vinílico Beulieu Sêneca Clic

Gostou deste post? Já resolveu se vai ser piso vinílico ou laminado? Então, que tal saber mais sobre pisos e revestimentos acompanhando nosso blog? Tem alguma dúvida ou quer compartilhar sua experiência conosco? Escreva um comentário!


Categorias: Pisos, Pisos Laminados, Pisos Vinílicos

Tags: