Drywall: o que é e como utilizá-lo na decoração - R. Bassani
  +55 (41) 3377-1500

Drywall: o que é e como utilizá-lo na decoração


Decoracao-em-Drywall

O Drywall é um sistema construtivo muito utilizado em projetos de reforma e arquitetura de interiores, devido às vantagens que traz tanto para a obra quanto para o ambiente no qual é instalado. O sistema de divisórias consiste basicamente em uma estrutura em perfis de aço galvanizado – guias instaladas no piso e no teto e montantes verticais aparafusados a elas – onde são presas placas de gesso acartonado.

Além de possibilitar a realização de uma obra limpa, com menor geração de resíduos e mais rápida que os sistemas convencionais, o Drywall apresenta imensa versatilidade de usos para a decoração, contribuindo para a flexibilidade e a criatividade na criação de ambientes internos. Conheça, no post de hoje, algumas formas de utilizar o Drywall em projetos de interiores. Acompanhe:

1. Paredes curvas

Uma das vantagens do sistema Drywall para os projetos de decoração é facilidade de montagem de paredes sinuosas com raios de curvatura de até 30 cm. A instalação se dá da mesma forma que a montagem convencional. A diferença está nos formatos curvos das guias instaladas no teto, no piso e no maior número de montantes para fixação das chapas, que, quando umedecidas, permitem maior maleabilidade no manuseio para a instalação.

2. Sancas

As sancas de forro são uma das soluções decorativas mais interessantes para o Drywall. A sanca é basicamente uma moldura instalada no ponto de encontro entre o forro e a parede. Sua utilização é normalmente associada a um projeto luminotécnico. Principalmente em espaços de convivência, como salas de estar e jantar, as sancas contribuem para a criação de ambientes modernos e sofisticados, podendo associar iluminação direta ou indireta, apresentar formas recortadas ou mesmo estampas e desenhos.

3. Nichos

O Drywall permite a criação de nichos nas divisórias nos ambientes, que podem ser utilizados para os mais diversos objetos decorativos, como vasos, esculturas, plantas, e quadros de fotos, por exemplo. Em muitos projetos de decoração, os nichos são associados à iluminação, que dá um destaque aos objetos e torna o espaço ainda mais interessante.

4. Painéis e jogos de relevos

Os painéis em Drywall são uma ideia interessante, principalmente para salas e home theaters, pois, além de agregarem mais charme ao ambiente, permitem esconder fios e cabos das instalações. Os painéis podem receber os mais diversos tipos de revestimento, desde uma simples pintura até texturas e papéis de parede, dependendo do estilo que se deseja criar para o ambiente. Outra opção de uso decorativo do Drywall é a criação de jogos de relevo nas superfícies. As placas de gesso acartonado, por serem leves, podem ser aplicadas diretamente nas paredes de alvenaria, possibilitando a criação de uma volumetria personalizada na superfície das divisórias.

5. Divisórias

As divisórias correspondem à utilização mais comum do sistema Drywall e apresentam uma grande variedade de opções decorativas para os mais diversos ambientes. O sistema permite a criação de prateleiras, aberturas com vidro, visores circulares e bancadas. A característica permite flexibilidade para a adoção de soluções criativas no projeto de interiores com diferentes formas de integração e separação dos ambientes. Além disto, o Drywall pode receber os mais diversos tipos de materiais de acabamento, como: pintura, papel de parede, revestimentos cerâmicos, texturas, mármore, granito, partilhas, entre outros.

Por sua leveza e facilidade de instalação, o Drywall pode ser um grande aliado na construção de soluções de projetos criativos e modernos. Tanto em projetos residenciais como comerciais e de escritórios. Além disto, o material contribui para o isolamento térmico e acústico dos ambientes e possibilita redução no tempo de execução e nos custos da obra.

E você, já conhecia as aplicações do Drywall na decoração? Compartilhe suas ideias conosco nos comentários!

 


Categorias: Arquitetura, Decoração, Drywall