Confira 11 dicas sobre paredes drywall - R. Bassani
  +55 (41) 3377-1500

Confira 11 dicas sobre paredes drywall


Refined Carcass Structure of a Loft

Originado nos Estados Unidos, o sistema drywall, também conhecido como parede seca, caiu no gosto de arquitetos e decoradores de interiores, em todo o mundo. De fácil aplicação, o drywall superou a desconfiança inicial dos consumidores e se transformou em uma opção de excelente custo/benefício para grandes obras e reformas.

Embora já seja bastante conhecido, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o sistema. A falta de informação, muitas vezes, impede que a parede drywall seja utilizada. Para evitar que isto ocorra, apresentamos, no post de hoje, 11 dicas sobre paredes drywall. Acompanhe:

1- Vantagens

Entre as principais vantagens do drywall, destacam-se a rapidez na execução do serviço, a facilidade de corte e de execução do projeto. A parede seca é mais leve que o tijolo e sua instalação produz menos sujeira.

2- Estrutura

O sistema consiste na fixação, com auxílio de parafusos, de placas de gesso acartonado em estruturas de aço – chamadas de montantes ou guias.

3- Tipos

O drywall pode ser aplicado em qualquer área do imóvel. Ele tem três tipos:

• Standard: para áreas secas;

• Resistente ao fogo;

• Resistente à umidade: indicado para áreas onde ocorre a ação da água.

4- Acabamento

A face colorida do drywall é onde se aplica o acabamento (pintura, pastilhas, cerâmica etc).

5- Pequenos espaços

A parede seca se adequa perfeitamente, por exemplo, ao fechamento de pequenos espaços, como closets, escadas e depósitos.

6- Resistência

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) estabelece regras com índices mínimos de segurança para substituição da alvenaria por drywall. A parede seca deve resistir a impactos e peso.

7- Memorial técnico

O proprietário de imóvel com paredes internas de drywall deve solicitar à construtora um memorial técnico. Ele define, por exemplo, onde há reforço estrutural para a instalação de prateleiras, quadros, TVs etc.

8- Reforço

O proprietário pode efetuar o reforço estrutural do drywall em uma reforma. Assim, ele tem a oportunidade de instalar TVs, quadros e prateleiras em outros espaços, sem que haja o risco de o gesso trincar.

9- Bucha

As buchas utilizadas em drywall são específicas para o sistema de parede seca. Jamais use buchas comuns, como as empregadas em alvenaria.

10- Acústica

Logo que a técnica de drywall surgiu, havia reclamações com relação à acústica. Na verdade, o que ocorria era a falha na instalação da parede seca ou despreparo de quem executava o serviço. Normalmente, uma borracha guia que fixa o montante no piso resolve o problema.

11- Forro e instalação elétrica

O profissional encarregado da colocação do forro em drywall deve ficar atento à instalação elétrica e aos pontos previstos para luminárias. Se necessário, ele pode deslocar a posição dos montantes.

Rapidez, praticidade, agilidade e economia. As vantagens do sistema drywall são inúmeras. Com a mão de obra especializada e material de qualidade, a obra ou reforma fica pronta mais rapidamente e com um custo reduzido.

Quer saber mais sobre o sistema drywall? Tem alguma dúvida sobre o tema? Entre em contato conosco ou deixe o seu comentário aqui!


Categorias: Construção, Drywall, Paredes em Drywall

Tags: